quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Pandeiro de Gente (Música)

Quem faz andar a ciranda?
Quem faz andar a ciranda?
Quem faz andar?

São os passos tranquilos
de alguns andarilhos
sem pressa em chegar...

Olha lá
Essa roda que chega ali
É a casa de quem chegar
É um berço onde eu já nasci...

É um pandeiro de gente
que toca somente
o que a gente quiser tocar...

Quem faz rodar a ciranda?
Quem faz rodar a ciranda?
Quem faz rodar?

É quem sabe que o mundo
foi feito redondo
pra gente girar...

Sabe lá
Quanta gente ainda está por vir
Quanta água ainda vai rolar
Quanto verso ainda vai surgir...

Quantas voltas e reviravoltas
da nossa ciranda
ainda vão brotar...

(Rodrigo Sestrem)

Um comentário:

Stephanie. disse...

que gostoso de ler em voz alta seu poema..